16. Um aprofundamento no uso do singular they e da neolinguagem não binária: implicações e preconceitos

Autores

  • PEREIRA, Zoe de Miranda (UniAlphaville e UNIBR)

Resumo

     A preocupação básica deste estudo é refletir sobre o uso da língua como ferramenta para se lutar por causas sociais, utilizando como exemplo a forma singular do pronome they para se referir a pessoas trans não-binárias. Serão consideradas outras questões sociolinguísticas e referentes a linguagem e minorias em geral, analisando maneiras positivas e negativas de se usar a língua em contextos sociais. O artigo tratará também de questões relacionadas ao uso do masculino como padrão neutro da língua e seu reflexo na sociedade e em correntes feministas, atravessando diferentes momentos e pontos de vista. Além de apresentar propostas de uso de linguagem neutra, este trabalho irá explorar as capacidades humanas de alterar idiomas para se atingir objetivos sociais e políticos, seja de forma intencional ou não. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica considerando as contribuições de autores como BALHORN (2004), BUTLER (1997), CONROD (2017, 2018) e THOMASON (1998, 2006). 

Palavras-chave:

LGBTQIA . Pronomes. Sociolinguística.

Downloads

Publicado

05-05-2022

Edição

Seção

Artigos